Fev 06

Neste dia 7 de Fevereiro, revivemos as memoráveis jornadas de luta dos Trabalhadores Gráficos que além de reivindicarem melhorias de condições de trabalho, lutavam por algo muito importante que era o reconhecimento da UTG – União dos Trabalhadores Gráficos como entidade que legalmente representasse todos os Trabalhadores Gráficos, já que na época só os patrões é que detinham sua representação através da Associação Comercial.
A batalha pelo reconhecimento de nossa entidade e a intransigência patronal obrigou os trabalhadores gráficos a usarem a greve como única alternativa e como não poderia deixar de ser a mesma contou com enormes perseguições de repressão policial organizada pelas empresas, com invasão do depósito e a total destruição dos alimentos que eram utilizados como fundo de greve e para a sobrevivência de nossos companheiros.
 
Durante toda paralisação os trabalhadores enfrentaram todo tipo de perseguições e após a destruição dos alimentos se moveram de brio e criaram um slogan pela resistência que dizia: "SE NECESSÁRIO COMEREMOS TERRA".
Esta greve durou oficialmente quarenta e dois dias, sendo que os gráficos não abriram mão, em momento algum, de suas reivindicações. Os industriais, ao concordarem com o "memorial" em sua totalidade, estariam, em última instância, reconhecendo que os trabalhadores têm o direito político de associação e de reunião. A partir da vitória do movimento grevista de 1923, o dia 7 de fevereiro é escolhido como o "Dia do Trabalhador Gráfico".
Infelizmente não temos o que comemorar, mas temos a obrigação de se fazer uma reflexão a respeito da luta de nossos bravos companheiros, que mesmo sofrendo com perseguições nos deixaram os benefícios que são usufruídos até hoje pela categoria.
O trabalhador precisa refletir e lembrar que nada veio de graça. Precisamos atualmente buscar um pouco deste espírito de luta e se unir ao Sindicato para não perdemos tudo o que já foi conquistado. A luta da manutenção desses direitos é mais fácil, mesmo porque a reconstrução será bem mais difícil. Diz a Presidente Sueli Reis.
 

escrito por jorge

0 Comentários


Clique aqui para registrar-se